COMPARTILHE:
  • 24
  •  
  •  
  •  
    24
    Shares

Terminou na quarta-feira (01/11) a Semana de Formação Permanente da Província Carmelitana de Santo Elias, realizada no Convento do Carmo, em Bela Vista (SP). O tema central do encontro, que teve início no dia 30 de outubro, foi a Iniciação Cristã, mas também houve comunicações sobre o economato e a comunicação. Participaram párocos, priores, reitores, ecônomos e padres jovens de todas as casas da Província.

A temática da Iniciação Cristã foi escolhida em unidade com a 55ª Assembleia Geral dos Bispos do Brasil, que tratou do assunto e teve como fruto o Documento 107 da coleção azul da Conferência: “Iniciação à vida cristã: itinerário para formar discípulos missionários”. A formação foi assessorada pelo padre Jordélio Siles Ledo, CSS.

Durante os dias em que estiveram reunidos, os frades também fizeram uma avaliação dos trabalhos pastorais e o planejamento para 2018.

Frei Fernando Bezerra, O.Carmo, do Convento do Carmo de Angra dos Reis, atual conselheiro para a formação da Província, falou sobre a importância do tema principal do encontro deste ano:

“O Documento que a CNBB publicou sobre a Iniciação Cristã traz muitas indicações novas, que exige da Igreja uma adaptação a essa nova metodologia. Implantar esse novo método exige de nós uma adequação e uma devida formação. Tivemos esse encontro, que nos deu um conhecimento inicial, e o nosso desafio agora é implementar ações que possam viabilizar essa proposta e, assim, possamos formar discípulos e missionários de cristo, como a Igreja nos pede, e não apenas pessoas para receber os sacramentos. Ou seja, formar pessoas capazes de aderir uma proposta cristã, que é para toda a vida.”

Para Frei Martinho Ferreira, O.Carmo, do Convento do Carmo de Santos, a Catequese é um tema importantíssimo, que deve ser aprofundado sempre que possível. “A catequese não é dar catecismo só. É falar do evangelho, é conversar de direção espiritual com uma pessoa, é você se encontrar com um amigo na rua e deixar transparecer para ele que está tudo bem na sua vida, inclusive na sua vida interior. A catequese pra mim é um espaço bastante vasto de sentido, sempre orientado para Jesus Cristo e para nossa vida, para nossa opção, para o presbiterado que exercemos”, disse.

O local do encontro: um centro de espiritualidade carmelitana

A Semana de Formação Permanente de 2017 foi realizada num dos endereços mais tradicionais da cidade de São Paulo, o Convento do Carmo, que integra o Complexo da Basílica do Carmo, no bairro Bela Vista. No local funciona também o Instituto de Espiritualidade Santa Teresa de Jesus (IESTE), que acomoda até 50 pessoas, numa atmosfera de tranquilidade, fé, silêncio e oração. É uma referência para todos os que procuram um lugar para meditar, orar, viver a fraternidade e ouvir a Deus.

“A marca do carmelo, como muitos papas já disseram, é a oração. Oração acompanhada, sem dúvida, de muito trabalho, empenho e dedicação. Procuramos aqui ser esse sinal de Deus. No silêncio, na oração, no trabalho, na acolhida dos fiéis e dos grupos que vêm a esse Convento, buscamos irradiar o carisma carmelitano e ajudar a todos a seguirem Nosso Senhor Jesus Cristo, a amarem a Virgem Maria, a se comprometerem com o Evangelho, vivendo uma espiritualidade consistente, não de superficialidade”, pontuou Frei Jerry Fonseca, O.Carmo, pároco da Basílica do Carmo.