São José, Padroeiro da Ordem do Carmo, rogai por nós!

 

“Tomei por advogado e senhor o glorioso São José, encomendando-me muito a ele. Vi com clareza que esse pai e senhor meu me salvou, fazendo mais do que eu podia pedir, tanto dessa necessidade como de outras maiores, referente à honra e à perda da alma. Não me lembro até hoje de ter-lhe suplicado algo que ele não tenha feito. Espantam-me muito os grandes favores que Deus me concedeu através desse bem-aventurado Santo, e os perigos, tanto do corpo como da alma, de que me livrou.” (Santa Teresa de Jesus. Vida 6, 6)

Hoje a Igreja celebra São José, esposo da Santíssima Virgem Maria e Padroeiro principal da Ordem do Carmo. Santa Teresa de Jesus tinha especial devoção a São José, a santa carmelita afirmou: “Eu queria persuadir todos a serem devotos desse glorioso santo, pela minha grande experiência de quantos bens ele alcança de Deus.”

Para ajudar na nossa meditação e oração neste dia tão caro ao carisma carmelitano, trazemos um texto do Papa Bento XVI sobre o nosso santo padroeiro. O texto foi retirado do Ângelus de 19 de março de 2006.

“A figura deste grande Santo, mesmo sendo bastante escondida, reveste na história da salvação uma importância fundamental. Antes de tudo, pertencendo ele à tribo de Judá, ligou Jesus à descendência davídica, de forma que, realizando as promessas sobre o Messias, o Filho da Virgem Maria se pôde tornar verdadeiramente ‘filho de David’. O Evangelho de Mateus, de modo particular, ressalta as profecias messiânicas que encontraram cumprimento mediante o papel de José: o nascimento de Jesus em Belém (2, 1-6); a sua passagem através do Egito, onde a Sagrada Família se tinha refugiado (2, 13-15); a alcunha ‘Nazareno’ (2, 22-23). Em tudo isto ele demonstrou-se, ao mesmo nível da esposa Maria, herdeiro autêntico da fé de Abraão: fé no Deus que guia os acontecimentos da história segundo o seu misterioso desígnio salvífico. A sua grandeza, ao mesmo nível da de Maria, sobressai ainda mais porque a sua missão se desempenhou na humildade e no escondimento da casa de Nazaré. De resto, o próprio Deus, na Pessoa do seu Filho encarnado, escolheu este caminho e este estilo a humildade e o escondimento na sua existência terrena.

O exemplo de São José é para todos nós um forte convite a desempenhar com fidelidade, simplicidade e humildade a tarefa que a Providência nos destinou.

Penso antes de tudo, nos pais e nas mães de família, e rezo para que saibam sempre apreciar a beleza de uma vida simples e laboriosa, cultivando com solicitude o relacionamento conjugal e cumprindo com entusiasmo a grande e difícil missão educativa. Aos sacerdotes, que exercem a paternidade em relação às comunidades eclesiais, São José obtenha que amem a Igreja com afeto e dedicação total, e ampare as pessoas consagradas na sua jubilosa e fiel observância dos conselhos evangélicos de pobreza, castidade e obediência. Proteja os trabalhadores de todo o mundo, para que contribuam com as suas várias profissões para o progresso de toda a humanidade, e ajude cada cristão a realizar com confiança e com amor a vontade de Deus, cooperando assim para o cumprimento da obra da salvação.”

Oração a São José

Glorioso São José, esposo de Maria concede-nos a tua proteção paternal, nós te suplicamos pelo Coração de Jesus e pelo Coração Imaculado de Maria. Tu cujo poder se estende a todas as nossas necessidades e sabes tornar possíveis as coisas impossíveis, abre os teus olhos de pai pelos interesses dos teus filhos. Nas dificuldades e sofrimentos que nos esmagam, recorremos a ti com confiança. Digna-te a tomar sob a tua conduta caridosa este assunto importante e difícil, causa da nossa inquietação…(mencionar a necessidade). Faz com que a feliz resolução seja para a melhor glória de Deus e para o bem dos seus fieis servidores. Ó tu amável São José, que nunca em vão invocamos, tu cujo crédito é tão poderoso junto de Deus que até se pode dizer: «No Céu, São José manda mais do que suplica», terno pai, reza por nós a Jesus, reza por nós a Maria. Sê nosso advogado junto deste Divino Filho do qual tu foste aqui em baixo o pai adotivo tão atento, tão amável e protetor fiel. Sê nosso advogado junto de Maria, da qual foste esposo amantíssimo e tão ternamente amado. Acrescenta a todas as tuas glórias a de ganhar a causa difícil que nós te confiamos. Nós cremos, sim, nós cremos que podes satisfazer os nossos desejos livrando-nos das tristezas que nos abatem e das amarguras que assolam a nossa alma. Além disso temos a confiança firme que nada negligenciarás em favor dos aflitos que te imploram. Humildemente prostrados a teus pés, bom São José, nós te suplicamos, tem piedade dos nossos gemidos e das nossas lágrimas. Cobre-nos com o manto das tuas misericórdias e abençoa-nos. Amém (São Francisco de Sales).