Flash Sale! to get a free eCookbook with our top 25 recipes.

COBERTURA: Primeiro Dia da Congregação Geral em Roma

A Congregação Geral da Ordem começou na segunda-feira, 5 de setembro, na Villa Aurélia, um centro de retiros/conferências perto do Vaticano. O tema do encontro deste ano é Dom e Missão: O Testemunho Radical dos Carmelitas Consagrados no Mundo de Hoje. “Nisto conhecerão todos que sois meus discípulos” (Jo 13, 35).

Essas reuniões são realizadas três anos antes de um Capítulo Geral. Quarenta e três membros mais “especialistas” estão participando da reunião. Têm direito de voto os priores provinciais e os comissários provinciais e delegados gerais que tenham pelo menos vinte membros votantes (votos solenes) na sua realidade.

Em entrevista antes do início do encontro, o prior geral, Pe. Míceál O’Neill, expressou sua esperança para o encontro de duas semanas. “Meu principal interesse é que este seja uma espécie de conselho geral estendido no qual tenhamos a chance de compartilhar liderança, informação e responsabilidade com aqueles que são líderes nas várias províncias.”

A primeira semana é dedicada ao tema da vida consagrada. O ex-mestre (superior geral) da Ordem Dominicana, Pe. Timothy Radcliffe, OP, abordará o grupo do tema da vida consagrada. Pe. Timóteo, um notável orador e autor, já havia discursado no Capítulo Geral da Ordem de 2007. Esses primeiros dias também serão facilitados pelo Sr. Danny Curtin, que ajudará a orientar o trabalho dos participantes.

Os tópicos a serem abordados na segunda semana incluem relatórios de cada área geográfica da Ordem, bem como as várias entidades que estão sob a responsabilidade do conselho geral (há uma comissão ou um delegado responsável pelo conselho geral), incluindo o CISA; as freiras carmelitas; o Institutum Carmelitanum; os arquivos; congregações agregadas; comunicações; Leigos Carmelitas; postulação; juventude carmelita; Justiça, Paz e Integração da Criação; novas fundações; e liturgia e oração. 

Outros temas a serem discutidos incluem a ONG Carmelita, que filia a Família Carmelita às Nações Unidas; sinodalidade; auto-sustentabilidade financeira; ecologia integral; salvaguardar menores e adultos vulneráveis; e formação.

A congregação concluirá com uma mensagem à Família Carmelita, discutida e aprovada pela assembléia em seus últimos dias.

O encontro abriu oficialmente com uma Eucaristia na segunda-feira, 5 de setembro, celebrada pelo prior geral da Ordem. Seguiu-se um discurso de abertura do Pe. Míceál para dar o tom da reunião. Ele ofereceu uma reflexão sobre liderança e missão. Na segunda parte de seu discurso, o prior geral destacou as áreas de preocupação, as questões que o conselho geral está tratando e foram compartilhadas com as províncias. A terceira parte foi uma visão geral das quatro áreas geográficas (os conselheiros gerais individuais farão um relatório mais aprofundado de cada área na segunda semana). O prior geral concluiu suas observações com algumas indicações de áreas em que o grupo pode se concentrar em avançar como liderança.

A Congregação Geral terminará na sexta-feira, 16 de setembro.

Fonte: www.ocarm.org.