Comunidade do Carmo em Minas Gerais celebra Festa de Santa Edith Stein

No dia 9 de agosto, a Igreja celebra o dia de Santa Teresa Benedita da Cruz, também conhecida como Santa Edith Stein, que foi carmelita, filósofa, estudiosa e mártir e é considerada uma das mulheres mais importantes do séc. XX.

A Comunidade do Carmo do Planalto, em Minas Gerais, onde fica a casa de formação da etapa do juniorato da Província Carmelitana de Santo Elias, tem Santa Edith Stein como padroeira conventual e celebraram ontem a Santa Missa em honra da padroeira.

Com transmissão ao vivo pelas redes sociais, a celebração foi presidida pelo Prior Provincial Frei Adailson dos Santos, O.Carm, e concelebrada pelo Frei Jerry Fonseca, O.Carm, e Frei Fernando Bezerra, O.Carm.

Na homilia, Frei Adailson chamou atenção para a história de vida de Santa Edith.

“Edith Stein, judia, filósofa, religiosa, mártir. Todos esses títulos foram incorporados à vida intensa e profunda de Edith Stein. Nenhum deles foi descartado, mas elevado e aprofundado em sua nova perspectiva. O martírio, ocorrido nas câmaras de gás de Auschwitz- Birkenau, por amor a Deus, ao seu povo, à Igreja e a toda a humanidade, revestiram, com um sentido ainda maior, tudo o que foi vivenciado por ela ao longo de sua vida”.

Apontou ainda os ensinamentos que a santa deixou e como ela pode ajudar os fiéis a viverem os tempos atuais.

“Santa Edith buscava em Deus as forças para não deixar ninguém pelo caminho. Sempre buscou e sempre testemunhou com a sua própria vida o amor pelo próximo. Santa Edith Stein nos ensina, de fato, a sermos mais humanos nestes tempos tão difíceis que estamos vivendo, nos ensina a sermos fiéis ao Senhor e a olharmos sempre para a meta que é a Cruz de Cristo, através da paciência, da doação e da entrega.”

E finalizou a homilia, desejando que Santa Edith Stein seja para todos um exemplo de compromisso no exercício da liberdade e na busca pela Verdade, que é o próprio Cristo.