Felizes os que promovem a Paz

 

Outubro é o mês missionário. Época que a Igreja convida os cristãos a colaborarem com as missões no mundo. Esse ano, o tema do mês, reforça a importância do discurso das Bem-Aventuranças: “Felizes os que promovem a Paz” (Mt 5,9).

“A missão, identidade essencial da Igreja, não se resume num dia, mês ou atividades de cunho missionário. A missão é permanente e eixo que impulsiona toda a vida das comunidades”, ressalta o diretor geral das Pontifícias Obras Missionárias (POM), Padre Maurício Jardim, diante das intolerâncias e fundamentalismos.

Na Mensagem deste ano para o Dia Mundial das Missões, instituído pelo Papa Pio XI em 1926, o Papa Francisco destaca: “Todo homem e toda mulher é uma missão e essa é a razão pela qual se vive na terra ser atraídos e enviados. Cada um de nós é chamado a refletir sobre esta realidade: “Eu sou uma missão nesta terra, e para isso estou neste mundo” (Papa Francisco, Evangelii gaudium, 273).

Para colaborar de forma concreta com as missões, as POM preparou várias ações e um rico material que vai ajudar as comunidades a trabalharem a temática. Destacamos três deles:

1 – Rezar pelas missões e missionários

2 – Ir ao encontro dos que mais necessitam

3 – Contribuir com a coleta em favor da evangelização dos povos.

Coleta

O Papa Pio XI instituiu, em 1926, o penúltimo domingo de outubro, o Dia Mundial das Missões, onde se realiza a coleta. Nesse dia, a colaboração de cada cristão tem como finalidade a Evangelização, Animação e Cooperação Missionária.

Dessa coleta, 80% são destinados a auxiliar atualmente 1.050 dioceses pobres nos “territórios de missão” e diversos projetos na África, Ásia, Oceania e América Latina. Os outros 20% são para a ação missionária no Brasil.

 

Oração do Mês Missionário 2018

Deus Pai, Filho e Espírito Santo,

nós Vos louvamos e bendizemos

pela Vossa comunhão,

princípio e fonte da missão.

Ajudai-nos, à luz do Evangelho da paz,

testemunhar com esperança,

um mundo de justiça e diálogo,

de honestidade e verdade,

sem ódio e sem violência.

Ajudai-nos a sermos todos irmãos e irmãs,

seguindo Jesus Cristo

rumo ao Reino definitivo.

Amém.

Fonte: site CNBB