Papa Francisco: A Cruz é atual, ensina a humildade do coração

No Congresso Teológico Internacional, que acontece na Pontifícia Universidade Lateranense de Roma, o tema debatido é sobre “A Sabedoria da Cruz num mundo plural” e tem a proposta de aprofundar a atualidade da Cruz no contexto dos múltiplos areópagos contemporâneos.

Para a ocasião o Papa Francisco enviou uma mensagem afirmando que “neste sentido, responde ao desejo de São Paulo da Cruz de se esforçar para que o Mistério Pascal, centro da fé cristã se irradie e se difunda como resposta à Caridade divina e para que vá ao encontro das expectativas e esperanças do mundo”.

Profundidade do amor de Cristo

Ao recordar das palavras do Apóstolo Paulo sobre a “profundidade do amor de Cristo” Francisco continua:

Contemplando o Crucificado, vemos todas as dimensões humanas abraçadas pela misericórdia de Deus. O seu amor kenótico e compassivo toca, através da Cruz, os quatro pontos cardeais e alcança os extremos da nossa condição, unindo inseparavelmente a relação vertical com Deus e a horizontal com os homens, numa fraternidade que a morte de Jesus tornou definitivamente universal”.

Unir a altura do pensamento com a humildade do coração

Explicando Francisco afirma:

“O imenso poder salvífico que se liberta da fragilidade da Cruz aponta à teologia a importância de um estilo que saiba unir a altura do pensamento com a humildade do coração”

A Cruz do Senhor, fonte de salvação para os homens de todos os lugares e de todos os tempos – continua o Pontífice – é, por isso, atual e eficaz, também e sobretudo, numa situação como é a contemporânea, caraterizada por mudanças rápidas e complexas”.

Por fim o Papa recorda os desafios que o Congresso Teológico propõe ao dar a conhecer a Sapientia Crucis em vários âmbitos: “das culturas, a promoção do humanismo e o diálogo inter-religioso e os novos cenários da Evangelização –, associando à reflexão científica uma série de manifestações que garantem o impacto benéfico em vários contextos”.