Papa Francisco nomeia Cardeal Hollerich para relatoria-geral do Sínodo dos Bispos que ocorrerá em 2023

O Papa Francisco nomeou na quinta-feira (8) o cardeal Jean-Claude Hollerich, arcebispo de Luxemburgo, como relator geral da XVI Assembleia Geral do Sínodo dos Bispos. Atualmente, o purpurado é presidente da Comissão das Conferências Episcopais da Comunidade Europeia, a Comece.

Agora, então, ele vai participar das reuniões do Conselho Ordinário em preparação à próxima assembleia que vai abordar o tema “Por uma Igreja sinodal: comunhão, participação e missão”.

Em outubro deste ano, o Papa dará início ao caminho sinodal de três anos que será articulado em três fases (diocesana, continental e universal), feito de consultas e discernimento, que culminará com a assembleia de outubro de 2023 em Roma.

Esta é a primeira vez, na história desta instituição querida por Paulo VI em resposta ao desejo dos padres conciliares de manter viva a experiência colegial do Concílio Vaticano II, que um Sínodo começa descentralizado, a partir das Igrejas locais.

A biografia do cardeal

Jean-Claude Hollerich nasceu em Differdange, Luxemburgo, em 9 de agosto de 1958. Ele entrou na Companhia de Jesus em 1981 e foi ordenado sacerdote em 1990. Professor universitário em várias instituições, o Papa Bento XVI o nomeou arcebispo de Luxemburgo em 12 de julho de 2011. Em 6 de outubro do mesmo ano ele recebeu a ordenação episcopal.

Em 2018 ele foi chamado para presidir a Comece e, em 1º de setembro de 2019, no Angelus, o Papa Francisco anunciou a sua criação como cardeal no Consistório de 5 de outubro, tornando-se, assim, o primeiro cardeal com origens em Luxemburgo.

FONTE: CNBB