Relatório do Conselheiro Geral da América informa situação da Ordem no continente

Frei Raúl Maraví, O.Carm., Conselheiro Geral da América, informou, durante a sessão do Capítulo Geral da tarde de 11 de setembro, sobre a situação da Ordem nas Américas.

Fonte: https://www.carmelitas.es

A presença do Carmelo na América é generalizada em 13 países, nos quais existem aproximadamente 550 frades. Os idiomas usados ​​nesta área são espanhol, inglês e português. Os principais pontos do relatório do Conselho Geral das Américas foram os seguintes:

1.- Treinamento, reuniões e eventos extraordinários. 140 candidatos se destacam em treinamento e três casas de noviciado foram consolidadas para cada idioma: inglês, na casa conhecida em Middletown (EUA); Português, em São Cristóvão e Mogi Das Cruzes (Brasil); Espanhol, em Lima (Peru).

2.- Treinamento permanente. Continuaram sendo realizadas as reuniões do FOCAL voltadas para estudantes e formadores, e as reuniões da ALACAR, que reúnem toda a Família O.Carm. e OTC.

3.- Reuniões. As reuniões de priores e tesoureiros foram realizadas nas Américas e houve uma celebração marcante e ordenação episcopal.

4.- Américas Carmelitas. Ele relatou a presença de Carmelo nos EUA, Brasil e América Latina. A diversidade de funcionamento entre as três realidades é verificada. A América Latina continua crescendo e se expandindo, quem sabe se em um futuro não muito distante em novas localidades: Cuba, Haiti, Panamá, Paraguai, etc.

Frei Raúl então relatou as reuniões dos leigos carmelitas na América e a realidade das faculdades carmelitas.

O Capítulo Geral dos Irmãos da Bem Aventurada Virgem Maria do Monte Carmelo – 2019 acontece de 9 a 27 de setembro, no Carmelo de Sassone, Roma.
Leia também: