São Tomás de Aquino: Santo doutor da Igreja

A Igreja celebra hoje, 28 de janeiro, o dia de São Tomás de Aquino, doutor da Igreja e um dos grandes teólogos católicos. Movido pela espiritualidade Eucarística, dedicou a vida à pesquisa, ao aprendizado e ao ensino de filosofia e teologia sobre os mistérios do amor de Deus.

Santo Tomás é autor de importantes obras da Igreja, com destaque para a Suma Teológica, que tem por base os grandes temas do Cristianismo. Também era pregador oficial da Igreja, professor e consultor da Ordem, razão pela qual ficou conhecido como ‘Doutor Angélico‘.

“Chamado de ‘Doctor Communis‘ pelo Papa João Paulo II na encíclica ‘Fides et Ratio – A Fé e a razão’,  Santo Tomás de Aquino sempre é tido pela Igreja como mestre do pensamento e modelo do modo correto de entender teologia. Por isso, a Igreja sempre recomenda Santo Tomás como o mestre da teologia. Contudo, infelizmente, alguns teólogos se afastaram da Igreja e da linha ensinada no magistério da Igreja porque deixaram de estudar e ler Santo Tomás de Aquino”, exemplificou professor Felipe.

No Catecismo da Igreja Católica Santo Tomás de Aquino é citado diversas vezes em razão de seus importantes ensinamentos e doutrinas.

“Entre os escritores eclesiásticos que o Catecismo da Igreja nos recomenda, Santo Tomás de Aquino é um dos mais lembrados, é 61 vezes citado nessa obra. Foi chamado de ‘Doctor Angelicus‘ por suas virtudes e em particular pela sublimidade do seu pensamento e também pela pureza da sua vida”, recordou o professor e apresentador da “Escola da Fé”.