A cultura, voz dos humilhados não do mercado

Não fechar os olhos à tragédia da exploração do trabalho infantil