“Essas Ordenações, neste ano de 2018, são para nós, Carmelitas, uma manifestação de vigor da Província; de que a Província continua a ser receptora de boas vocações; mas sobretudo terreno fértil para que floresça aqueles que recebem o chamado de ...