COMPARTILHE:
  •  
  •  
  •  
  •  

Foi realizado no dia 28 de julho ,na Igreja do Carmo, em Belo Horizonte, a celebração Eucarística na qual o Prior Provincial Frei Evaldo Xavier Gomes, O.Carm., recebeu os votos solenes de frei Renê Augusto Vilela da Silva, O.Carm., e frei Paulo Ricardo Ferreira, O. Carm.
Com exclusividade para a Revista Carmelitas, os frades falaram um pouco da sua caminhada religiosa.


GRATIDÃO

Frei Paulo Ricardo Ferreira

Frei Paulo Ricardo

Sou Frei Paulo Ricardo Ferreira, 30, nasci em Andirá no Paraná, minha família reside em Sorocaba interior do Estado de São Paulo.
Entrei para a Ordem do Carmo em fevereiro de 2012.
No primeiro ano de formação morei em Belo Horizonte no Convento Santa Teresa Benedita da Cruz, tendo como formador Frei Adailson. Concluindo este ano de formação chamado Postulantado, ingressei no Noviciado Carmelita no ano de 2013, no Bairro Jaqueline, em Belo Horizonte. Frei Felisberto, da Província de Santo Elias, era o mestre de Noviços, auxiliado por Frei Vagner, do Comissariado do Paraná, e Frei Genildo, da Província do Nordeste. Após um ano de noviciado, vivenciando o carisma da Ordem, professei os votos de Pobreza, Castidade e Obediência no dia 19 de janeiro de 2014. Fui, então, morar no Carmo Sion por seis meses e fui transferido para o Convento do Carmo da Bela Vista – Conventão – onde fiquei por um ano e meio. Neste tempo, tive como formador Frei Rothmans.
Terminado a Teologia no Instituto de Teologia de São Paulo (ITESP ), no final de 2015 fui transferido para o Convento de Vicente de Carvalho, no Rio de Janeiro, tendo como formador Frei Silvio Ferrari. Nesta comunidade permaneci um ano, onde após o Capítulo Provincial, em janeiro de 2017, fui enviado para Belo Horizonte para compor a comunidade do Postulantado São Nuno, no Bairro Jaqueline.
Por graça de Deus, em 28 de julho de 2017, na Igreja do Carmo, em Belo Horizonte, junto com Frei Renê Augusto, professamos definitivamente os votos de Pobreza, Castidade e Obediência na Ordem dos Irmãos da Bem Aventurada Virgem Maria do Monte Carmelo. Frei Evaldo Xavier Gomes, Prior Provincial, ao final da celebração pediu que falássemos o que estávamos sentindo. Lembro que uma única coisa que brotava no coração é que naquele momento estava se cumprindo o sonho de Deus. Tudo o que foi pensado por nós, nada teria acontecido se antes não tivesse sido desejo de Deus. Por isso só tenho que ser grato. A gratidão é um sentimento que recorda que o caminho não se faz sozinho, sem auxílio de pessoas do bem e do próprio Deus.
Obrigado por todos que estiveram no dia e por aqueles que não podendo estar sei que rezaram e estiveram unidos na amizade. Deus abençoe a todos!

Frei Paulo Ricardo Ferreira, O.Carm


DESEJO DE SEGUIMENTO A CRISTO

Frei Renê Augusto

Nasci em Barroso (MG), filho de João Pereira e Dagmar Vilela, sendo o quarto filho do casal. Ingressei na Ordem do Carmo em 2011. Tento feito os estudos de Filosofia na UFSJ, em São João Del-Rei, ingressei no Noviciado em 2012, emitindo os primeiros votos em janeiro de 2013. Cursei Teologia em São Paulo no ITESP.
Desde criança estive envolvido nas atividades de minha paróquia, na mesma cresci e ajudei em diferentes pastorais e movimentos. A vocação enquanto um desejo mais profundo de seguimento a Cristo, surgiu da vida de oração e participação na comunidade. Fui discernindo até chegar ao conhecimento da vida religiosa consagrada, tendo sido acompanhado pelo então promotor vocacional da época Frei Adailson, O. Carm.

Como carmelita além da espiritualidade, dedico-me a um estudo mais profundo sobre a mariologia e em especial o Escapulário do Carmo. Dei início ao projeto de mestrado na FAJE (MG), com o título “Escapulário do Carmo: entre fé e superstição”.
Atualmente estou me preparando para transferir os estudos sobre o Escapulário para a
Faculdade Lateranense em Roma.

Frei Renê Augusto Vilela da Silva, O.Carm.


Frei Paulo Ricardo